Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Conversa de Lula com Haddad foi conclusiva; PT vai trocar candidato em Curitiba

Candidato a vice-presidente de Lula, Fernando Haddad. (Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters)

Painel

Cabra marcado para nascer Integrantes da cúpula do PT afirmam que, apesar das ressalvas públicas, a conversa de Lula com Fernando Haddad na carceragem da PF, na segunda (3), foi conclusiva. O recurso ao STF cumpre duas funções simbólicas: mostra à militância que o partido não desistiu do ex-presidente e preenche requisito para que a ONU avalie o mérito do caso do petista. A unção de Haddad será feita em Curitiba, cidade em que Lula está preso, no dia 11. O roteiro para a bênção televisiva também foi traçado.

Casa cheia Petistas já começaram a convocação para o ato em Curitiba. Governadores e quadros do PT e do PC do B, partido de Manuela d’Ávila, que vai assumir a vice de Haddad, foram avisados. As legendas estudam oficializar o chamado durante programação com artistas e intelectuais no Tuca, dia 10, em SP.

Por ela O comitê eleitoral do PT e do PC do B planeja fazer a primeira agenda conjunta da nova chapa no Rio Grande do Sul, estado de Manuela.

Em branco e preto Há grande preocupação no PT em registrar a saída de cena de Lula e sua bênção a Haddad de maneira cristalina na TV. Pesquisas da sigla indicam que o eleitor lulista não aceitaria gesto dúbio, que possa ser visto como traição ao ex-presidente.

Em memória de mim Lula deve escrever uma carta, que tem sido chamada por petistas de seu testamento político, tanto para o ato em Curitiba como para a propaganda eleitoral.

Tempo que pune A campanha de Ciro Gomes (PDT) admite que o impacto da indicação de um herdeiro político do ex-presidente, especialmente no Nordeste, é imensurável, mas avalia que o PT demorou a apresentar Haddad, o que poderia beneficiar o pedetista.

Pelo bolso Ciro vai continuar dedicando seu horário eleitoral ao discurso de resgate econômico do brasileiro endividado e preocupado com as finanças. Os estrategistas do PDT acham que essa é a forma mais fácil de se comunicar com o eleitor que vota em Lula por causa da memória de seu legado nessa área.

Páreo duro Para registro: o PDT avalia que o voto de Jair Bolsonaro (PSL) se cristalizou e que, hoje, há só uma vaga no segundo turno em disputa na “centro-esquerda”.

Quem me conhece… A campanha de Marina Silva (Rede) vai dar uma guinada na agenda dela, muito centrada no eixo Rio, SP e Brasília por causa de entrevistas e sabatinas. O novo cronograma está sendo elaborado com base nas 60 cidades em que ela teve votação expressiva em 2014. A ideia é tentar segurar esse eleitor.

… que me compre Os aliados de Marina estão fazendo cruzamentos para encontrar, entre esses municípios, os que concentram o maior percentual de eleitores indecisos. Por conta do pouco tempo que falta para o primeiro turno, ela e Eduardo Jorge (PV), seu vice, vão dividir as viagens.

 

Fonte: Folha de S.Paulo, 6 de setembro de 2018.

 

Fonte: sintracimento.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − um =