Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Ibope: Bolsonaro cresce 4 pontos e vai a 31%; Haddad fica estável em 21%

Simulação de segundo turno mostra empate entre o candidato do PSL e o petista

 

SÃO PAULO
 
 

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda (1) aponta que Jair Bolsonaro (PSL) subiu 4 pontos em relação ao levantamento anterior e agora tem 31% das intenções de voto à Presidência.

Já Fernando Haddad (PT) segue em segundo lugar e manteve os mesmos 21% da pesquisa anterior, divulgada em 26 de setembro.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Em terceiro aparece Ciro Gomes (PDT), também estacionado em 11%, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), com 8%, e Marina Silva (Rede), com 4%. Ciro está tecnicamente empatado com Alckmin, enquanto o tucano também está em empate técnico com Marina.

A lista segue com João Amoêdo (Novo), com 3%, Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB), com 2% cada, e Cabo Daciolo (Patriota), com 1%.

Guilherme Boulos (PSOL), Vera Lúcia (PSTU) e Eymael (DC) não chegaram a 1%. João Goulart Filho (PPL) não foi citado por nenhum entrevistado pelo Ibope nesse levantamento.

Brancos e nulos somaram 12%, enquanto 5% não responderam ou preferiram não opinar.

Bolsonaro e Haddad continuam a ser os candidatos com maior de rejeição. Enquanto o capitão reformado manteve 44%, o petista viu sua rejeição crescer 11 pontos e chegar a 38%.

A lista segue com Marina (25%), Alckmin (19%), Ciro (18%), Meirelles, Daciolo, Eymael e Boulos (10% cada), Vera e Dias (9%), Amoêdo (8%) e Goulart Filho (7%)

Nas simulações de segundo turno, Bolsonaro perde para Ciro (45% a 39%), Alckmin (42% a 39%), empata com Haddad (42% a 42%) e supera Marina (43% a 38%).

A pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal O Estado de S. Paulo e ouviu 3.010 eleitores em 208 cidades brasileiras nos dias 29 e 30 de setembro.

Ela está registrada no TSE com o número BR-08650/2018.

 
Fonte: Folha de S.Paulo, 3 de outubro de 2018.
 
 
Fonte: sintracimento.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + dezenove =