Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Ameaças de morte se intesificam e obrigam Jean Wyllys a sair do país

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) vai abrir mão de seu terceiro mandato e sairá do Brasil. O parlamentar afirmou que vai se dedicar à carreira acadêmica. Jean, que sofre ameças de morte já há alguns anos, viu a prática se intensificar desde o assassinato da sua correligionária Marielle Franco, em março do ano passado. As informações são da Folha de S. Paulo

 

'Quero cuidar de mim e me manter vivo', afirma deputado federal eleito pelo Rio'Quero cuidar de mim e me manter vivo', afirma deputado federal eleito pelo Rio

Desde o assassinato da sua correligionária Marielle Franco, em março do ano passado, Wyllys vive sob escolta policial. Com a intensificação das ameaças de morte, comuns mesmo antes da morte da vereadora carioca, o deputado tomou a decisão de abandonar a vida pública.



"O [ex-presidente do Uruguai] Pepe Mujica, quando soube que eu estava ameaçado de morte, falou para mim: 'Rapaz, se cuide. Os mártires não são heróis'. E é isso: eu não quero me sacrificar", justifica.



De acordo com Wyllys, também pesaram em sua resolução de deixar o país as recentes informações de que familiares de um ex-PM suspeito de chefiar milícia investigada pela morte de Marielle trabalharam para o senador eleito Flávio Bolsonaro durante seu mandato como deputado estadual pelo Rio de Janeiro.



"Me apavora saber que o filho do presidente contratou no seu gabinete a esposa e a mãe do sicário", afirma Wyllys. "O presidente que sempre me difamou, que sempre me insultou de maneira aberta, que sempre utilizou de homofobia contra mim. Esse ambiente não é seguro para mim", acrescenta.



Primeiro parlamentar assumidamente gay a encampar a agenda LGBT no Congresso Nacional, Wyllys se tornou um dos principais alvos de grupos conservadores, principalmente nas redes sociais. Ele também se diz "quebrado por dentro" em virtude de fake news disseminadas a seu respeito, mesmo tendo vencido pelo menos cinco processos por injúria, calúnia e difamação.



"A pena imposta, por exemplo, ao Alexandre Frota não repara o dano que ele produziu ao atribuir a mim um elogio da pedofilia. Eu vi minha reputação ser destruída por mentiras e eu, impotente, sem poder fazer nada. Isso se estendendo à minha família. As pessoas não têm ideia do que é ser alvo disso", afirmou Wyllys.



Em seu Twitter, ele publicou a seguinte nota: 

 

Jean Wyllys

 

@jeanwyllys_real

 

Preservar a vida ameaçada é também uma estratégia da luta por dias melhores. Fizemos muito pelo bem comum. E faremos muito mais quando chegar o novo tempo, não importa que façamos por outros meios! Obrigado a todas e todos vocês, de todo coração. Axé! ✊ https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/01/com-medo-de-ameacas-jean-wyllys-do-psol-desiste-de-mandato-e-deixa-o-brasil.shtml 

 
16,5 mil pessoas estão falando sobre isso



Vários parlamentares se solidarizaram com Wyllys nas redes sociais:



 

Orlando Silva

 

@orlandosilva

 

Perderemos um parlamentar qualificado e batalhador por causa do ódio e da violência, que infelizmente viraram armas políticas dos chacais da extrema direita, sob guarida dessa gente que hoje ocupa o poder. Minha solidariedade, @jeanwyllys_real . https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/01/com-medo-de-ameacas-jean-wyllys-do-psol-desiste-de-mandato-e-deixa-o-brasil.shtml 

https://pbs.twimg.com/card_img/1088488872672223234/wNbsUlHn?format=jpg&name=600×314); background-size: cover;" style="position: absolute; top: -1px; left: -1px; bottom: -1px; right: -1px; background-size: 3em; background-position: center center; background-repeat: no-repeat; background-image: url("//ton.twimg.com/tfw/assets/news_stroke_v1_78ce5b21fb24a7c7e528d22fc25bd9f9df7f24e2.svg");">

Com medo de ameaças, Jean Wyllys, do PSOL, desiste de mandato e deixa o Brasil – 24/01/2019 – Poder…

Eleito pela terceira vez consecutiva deputado federal pelo PSOL do Rio de Janeiro, Jean Wyllys vai abrir mão do novo mandato.

folha.uol.com.br

 
290 pessoas estão falando sobre isso

Maria do Rosario #LulaLivre

 

@mariadorosario

 

Caro @jeanwyllys_real.
Me emociono p/ vc, irmão, por nós, pelo q acreditamos.
Onde estiver, seu olhar será p/ lutas aqui. E vamos de conseguir impedir o fascismo de nos matar, mesmo q a voz de Elis grite q
“Eles venceram, e o sinal está fechado pra nós.”
https://www1.folha.uol.com.br/amp/poder/2019/01/com-medo-de-ameacas-jean-wyllys-do-psol-desiste-de-mandato-e-deixa-o-brasil 

 

Folha de S.Paulo: Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas

Siga a Folha e fique informado sobre tudo o que acontece no Brasil e no mundo. Notícias sobre política, economia, cultura, esporte, entretenimento e mais.

folha.uol.com.br

 
1.081 pessoas estão falando sobre isso

Alexandre Padilha

 

@padilhando

 

A barbárie, a intolerância e o ódio não vencerão.
Todo apoio ao companheiro Jean Wyllys e que em breve o ambiente democrático se instaure, novamente, a bem do povo brasileiro. @jeanwyllys_real https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/01/com-medo-de-ameacas-jean-wyllys-do-psol-desiste-de-mandato-e-deixa-o-brasil.shtml 

https://pbs.twimg.com/card_img/1088488872672223234/wNbsUlHn?format=jpg&name=600×314); background-size: cover;" style="position: absolute; top: -1px; left: -1px; bottom: -1px; right: -1px; background-size: 3em; background-position: center center; background-repeat: no-repeat; background-image: url("//ton.twimg.com/tfw/assets/news_stroke_v1_78ce5b21fb24a7c7e528d22fc25bd9f9df7f24e2.svg");">

Com medo de ameaças, Jean Wyllys, do PSOL, desiste de mandato e deixa o Brasil – 24/01/2019 – Poder…

Eleito pela terceira vez consecutiva deputado federal pelo PSOL do Rio de Janeiro, Jean Wyllys vai abrir mão do novo mandato.

folha.uol.com.br

 
38 pessoas estão falando sobre isso
 
Vermelho
 
Fonte: sintracimento.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =