Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Flávio Dino diz que droga em avião reforça desorganização no governo

 
 
 

 

 

 

 

O governador do Maranhão, Flávio Dino, reagiu duramente ao comentar a apreensão na Espanha de 39 quilos de cocaína no avião da FAB, aeronave precursora da comitiva de Bolsonaro que está em Osaka, no Japão, para participar da reunião do G20.

 

Flávio Dino diz que o escândalo terá repercussão futuraFlávio Dino diz que o escândalo terá repercussão futura

A droga foi apreendida pela polícia espanhola com o segundo-sargento da Aeronáutica Manoel Silva Rodrigues, em Sevilha. O militar, que apoiou Bolsonaro na campanha eleitoral, era presença constantes nas comitivas dele.



“Não há uma só pessoa de bom senso que imagine que um sargento tem capital para comercialização de 39 quilos de cocaína. Fato expõe o Brasil a vexames, atuais e futuros. E reforça a demonstração do nível de amadorismo e desorganização do governo”, disse Flávio Dino.



O escândalo já pode ter provocado alguns efeitos. Bolsonaro, por exemplo, não participou nesta quinta-feira (27) dos encontros preparatórios com presidentes ou chefes de governo. Isolado, ele saiu para passear e comer numa churrascaria com seus assessores.

 
Fonte:sintracimento.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − 4 =