Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

FGTS: parte do saldo será liberado; veja como consulta-lo nas contas ativas ou inativas

O trabalhador pode consultar o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no site da Caixa ou do próprio FGTS e por meio de aplicativo para smartphones e tablets — com versão para Android, iOS e Windows. É possível ainda fazer cadastro para receber informações do FGTS por mensagens no celular ou por e-mail — veja detalhes abaixo. No portal G1

tela pis nis caixa fgts

Quando abrir o site da Caixa para fazer a consulta esta é a tela que vai aparecer

O governo deve anunciar nesta semana a liberação de saques. O valor ainda não está fechado, mas a previsão da equipe econômica é que a medida resulte na injeção de R$ 30 bilhões na economia. A liberação valerá para os trabalhadores com contas ativas ou inativas. Em 2016, na gestão Temer, foram liberados os saques somente das contas inativas, que somaram R$ 44 bilhões. Veja abaixo como consultar o saldo do FGTS:

Pessoalmente

O trabalhador pode consultar seu extrato do FGTS presencialmente no balcão de atendimento de agências da Caixa. 



Também é possível ir a um posto de atendimento e fazer a consulta utilizando o Cartão Cidadão, desde que tenha em mãos a senha. Não é possível consultar o extrato do FGTS pelo telefone.

Pela internet, no site da Caixa

No site da Caixa, é preciso informar o NIS (PIS/Pasep), que pode ser consultado na carteira de trabalho ou em algum extrato antigo que o trabalhador tenha, e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador. 



É possível usar ainda a Senha Cidadão. A página oferece a opção de recuperar a senha, mas é preciso informar o NIS. O serviço mostra dados cadastrais e lançamentos feitos na conta nos últimos 6 meses. 
Veja como consultar o número do seu PIS/NIS.

Fonte:sintracimento.org.br

 

 

 
 
 
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × quatro =