Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Plenária da Nova Central em São Paulo reforça unicidade sindical

A estrutura sindical foi tema da plenária estadual realizada quarta (23) pela Nova Central, no Hotel Leques, Centro, SP. Sindicalistas de diversas categorias defenderam a unicidade e criticaram iniciativas que ameaçam a organização sindical, como a Proposta de Emenda à Constituição do deputado Marcelo Ramos (PL-AM). 
 


Chamada PEC da Reforma Sindical, a proposta altera o Artigo 8º da Constituição e institui a pluralidade. Mas, por falta de assinaturas ou rasuras, duas vezes foi retirada da Câmara.



Alternativa – Em contraponto à 171, foi apresentado pelo deputado Lincoln Portela (PL-MG) o Projeto de Lei 5.552/201, apoiado Fórum Sindical dos Trabalhadores e quatro Centrais.



José Calixto Ramos, presidente da Nova Central, apresentou o texto do PL à plenária. Ele diz: “Esse projeto objetiva regular a estrutura sindical, sem mexer na unicidade sindical. O apoio de todos os Sindicatos é fundamental neste momento”.



Para o secretário-geral da CTB, Wagner Gomes, propor o fim da unicidade é sentenciar à morte o movimento. “O PL 5.552 garante a sobrevivência das entidades”, afirma.
 


União – Neuza Barbosa, vice da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do Estado de São Paulo (Fetiasp), também combate a pluralidade. Ela argumenta: “Precisamos de unidade pra defender o sindicalismo e os trabalhadores de tantos ataques do governo”.


Ato – A plenária é preparatória do Ato Nacional, dia 4 de novembro, convocado pela CTB, CSB, CGTB e Nova Central e FST. Será no Sindicato dos Metroviários, à rua Serra do Japi, 31, Tatuapé, SP, a partir das 9 horas.



Mais – Acesse o site da NCST.
 
 

Fonte:sintracimento.org.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 1 =