Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Lula venceria Bolsonaro no 2º turno por 52% a 34%, aponta pesquisa

Já no segundo turno, Lula abriu 18 pontos de vantagem sobre o atual presidente, vencendo por 52% contra 34%. No levantamento anterior, de 17 de março, a distância era de cinco pontos percentuais: 41% a 36%. Hoje, Bolsonaro seria mais votado apenas entre os que ganham mais de dez salários mínimos (61%) e entre os homens (47%). Já Lula supera o presidente em Levantamento reflete o desgaste sem precedentes do bolsonarismo, no rastro do pior momento da pandemia e também da criação da CPI da Covid-19 no Senado

Se as eleições presidenciais fossem realizadas hoje, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) derrotaria Jair Bolsonaro com folga e conquistaria seu terceiro mandato no Palácio do Planalto. É o que aponta a nova pesquisa PoderData divulgada nesta quarta-feira (14).

Conforme o levantamento, o ex-presidente – que ocupou o cargo de 2003 a 2010 – lidera as intenções de voto para o primeiro turno com 34%, contra 31% de Bolsonaro. Em terceiro lugar, com 6%, estão o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o apresentador da TV Globo Luciano Huck. Na sequência, aparecem o empresário João Amoedo (Novo, 5%), o governador paulista João Doria (PSDB, 4%), o ex-juiz Sérgio Moro (3%) e o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM, 2%). Brancos e nulos somam 7%, enquanto 2% estão indecisos.

todos os outros recortes, com destaque para os jovens (69%) e as mulheres (61%).

A pesquisa reflete o desgaste sem precedentes do bolsonarismo, no rastro do pior momento da pandemia e também da criação da CPI da Covid-19 no Senado. Bolsonaro também perderia no segundo turno de Luciano Huck por 48% a 35%. O apresentador se sai melhor entre os que ganham mais de dez salários mínimos (65%) e os moradores da região Norte (55%), ao passo que Bolsonaro sobressai entre os que estudaram até o ensino superior (54%) e os mais jovens (49%).

Com outros oponentes, o presidente registra empate técnico, alcançando 38% contra 37% de Doria e Moro, além de empatar numericamente com Ciro, por 38% a 38%. É a primeira pesquisa em que Bolsonaro não desponta com vitória contra nenhum adversário para além da margem de erro.

A pesquisa também mediu a rejeição dos candidatos. No caso, foi perguntado aos entrevistados em quem eles “não votariam de jeito nenhum”. Dentre as seis opções, Moro teve a maior rejeição (60%), enquanto Lula teve o menor índice, com 41%. No caso de Bolsonaro essa taxa é de 50%.

O PoderData ouviu 3.500 eleitores brasileiros, em 512 municípios de todos os estados, entre os dias 12 e 14 de abril. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual, para mais ou para menos.

Com informações do Poder360 e da Band

Disponível em: https://vermelho.org.br/2021/04/14/lula-venceria-bolsonaro-no-2o-turno-por-52-a-34-aponta-pesquisa/

Fonte:sintracimento.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − 1 =