Filiado à:

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Ladrilhos Hidráulicos, Produtos de Cimento, Fibrocimento e Artefatos de Cimento Armado de Curitiba e Região

89% dos novos empregos dos jovens são informais

Por Bruno Villas Bôas e Thais Carrança, Valor — Rio e São Paulo

 

Como se não bastasse o elevado nível de desemprego de jovens no país, 89% das pessoas de 18 a 24 anos de idade que conseguiram uma ocupação remunerada nos últimos 12 meses foram parar no mercado de trabalho informal, recebendo salários abaixo da média e sem garantias trabalhistas, mostra levantamento da consultoria IDados obtido pelo Valor.

Do segundo trimestre de 2018 ao mesmo período deste ano, 230 mil jovens de 18 a 24 anos conseguiram uma ocupação. Entre eles, apenas 32,5 mil eram empregos no setor privado com carteira. O restante foi parar em empregos precários, principalmente em vagas sem carteira (85,1 mil) ou no trabalho por "conta própria" sem CNPJ (119 mil).

Os dados chamam atenção num momento em que o governo finaliza um pacote de medidas que inclui o estímulo ao primeiro emprego de jovens, por meio da desoneração da folha de pagamento. O pacote também deve incluir outras medidas como reforço de programas de qualificação profissional e acesso facilitado ao microcrédito.

Para ler a reportagem completa sobre emprego, acesse o site do Valor Econômico.

 

Valor Invest

Fonte:sintracimento.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + treze =